Pular para o conteúdo principal

PROJETO FOLCLORE - ARTES







A Professora Marise está trabalhando com Parlendas com as crianças para o Projeto do Folclore de nossa Escola. Confira algumas fotos e Parlendas trabalhadas, que são muito divertidas e resgatam um pouco da nossa cultura junto aos alunos!

Um dois, feijão com arroz.

Três, quatro, feijão no prato.

Cinco, seis, feijão em inglês.

Sete, oito, feijão com biscoito.

Nove, dez, feijão com pasteis!


Cadê o toucinho que estava aqui?

O rato comeu.

Cadê o rato?

O gato comeu.

Cadê o gato?

Foi para o mato!

Cadê o mato?

O fogo apagou.

Cadê o fogo?

A água secou.

Cadê a água?

O boi bebeu!

Cadê o boi?

Esta moendo o trigo.

Cadê o trigo?

O padre comeu.

Cadê o padre?

Esta rezando a missa.

Cadê a missa?

A missa acabou!

Uni, duni, tê

Salamê minguê

O sorvete é colorê

O escolhido foi você!

Tão-balalão
Soldado ladrão,
Menina bonita
Não tem coração.
Tão-balalão
Senhor capitão,
Espada na cinta
Sineta na mão.
Tão-balalão,
Cabeça de cão,
Orelhas de gato,
Não tem coração,
Tão-balalão,
Cabeça de cão,
Cozida e assada
no meu caldeirão,
Tão-balalão,
Senhor capitão
Orelha de porco
Pra comer com feijão


Tem peixe na pia fria,
Pula gato, gato mia,
Lá vem a tia Maria
E não vem de mão vazia.
Pula gato, gato mia,
Caiu o chinelo qu’ela trazia


As parlendas são formas literárias tradicionais de origem oral que são recitadas em brincadeiras de crianças. Algumas parlendas são muito antigas e fazem parte do folclore brasileiro.

As parlendas podem ser utilizadas em sala de aula, propiciando aprendizagem e divertimento. Pode-se solicitar aos alunos que completem uma parlenda fornecida pelo professor, ou ainda que criem suas próprias versões. Segue abaixo diversas parlendas para serem desenvolvidas com os pequenos.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trabalho de História - CARAVELAS

Abordando o conteúdo "Grandes Navegações e Expansão Marítima" na turma do 7º ano, nas aulas de História da Profª Tânia, foram confeccionadas pelos alunos as "Caravelas", embarcações utilizadas pelos navegadores na Europa no século XV como Cristóvão Colombo, Bartolomeu Dias, Vasco da Gama, Pedro Álvares Cabral entre outros.    As caravelas eram navios a vela, uma embarcação de origem árabe conhecida há tempos na Europa.     Entre os anos 800 e 1500, graças aos estudos náuticos portugueses, o navio a vela se aprimorou, o barco aberto, sem convés e impulsionado por uma vela de couro ou lã transformou-se numa embarcação com muitos mastros, dirigida por um leme e movida por várias velas feitas de linho, no casco foram colocados canhões para defesa e ataque. Com essas inovações, as embarcações ficaram mais seguras, velozes e com o dobro de capacidades de carga.     As caravelas, embarcações geralmente de dois mastros e velas triangulares, tinham 200 toneladas, cerca…

OUTUBRO ROSA - Mural

Blog

Os alunos do 4º ano - professora Emília - participaram de uma atividade na sala de informática onde aprenderam o que é um BLOG, para que serve e como é feito. O tema faz parte dos conteúdos de Língua Portuguesa.