Pular para o conteúdo principal

X FECIMAR - PARTICIPAÇÃO DO QUILIANO


Na EMEB Professor Quiliano Martins foi desenvolvido o Projeto Folclore contando com a parceria das Professoras Ina Maria Seidel Sacht, Emilia Maria Anton Jantsch, Elaine Martins, Elaine Anton Levenberger e Marise Purim, conforme postagem anterior.
O Projeto visa resgatar as diversas manifestações da cultura brasileira através de nosso rico folclore e costumes, envolvendo alunos e comunidade na percepção e valorização de nossos costumes regionais; através do resgate de lendas, brincadeiras, parlendas, canções, ditados populares, charadas, artes, dança, e diversos outros costumes como o uso de plantas medicinais, roda de chimarrão, etc.

Todos passaram a conhecer
um pouco mais sobre a cultura em que estão inseridos, pois é importante que se resgate a nossa cultura que vem sido esquecida devido à globalização onde muitas vezes valorizamos mais usos e costumes de outros países do que a nossa própria cultura tão rica em manifestações e significados.

Este projeto também foi inscrito na X Fecimar que ocorreu na UNC de Mafra, no último dia 06/11 contando com a participação dos alunos: Erick Bryan Gonçalves, Jaisson Pinheiro e Sandrieli Machado de Oliveira, além da coordenação das Professoras Ina M. S. Sacht, Elaine A. Levenberger e da Diretora Josmeire de Fatima Liebl Hasselmann.

A experiência foi incrível! Parabéns alunos e Professores pela belíssima participação!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trabalho de História - CARAVELAS

Abordando o conteúdo "Grandes Navegações e Expansão Marítima" na turma do 7º ano, nas aulas de História da Profª Tânia, foram confeccionadas pelos alunos as "Caravelas", embarcações utilizadas pelos navegadores na Europa no século XV como Cristóvão Colombo, Bartolomeu Dias, Vasco da Gama, Pedro Álvares Cabral entre outros.    As caravelas eram navios a vela, uma embarcação de origem árabe conhecida há tempos na Europa.     Entre os anos 800 e 1500, graças aos estudos náuticos portugueses, o navio a vela se aprimorou, o barco aberto, sem convés e impulsionado por uma vela de couro ou lã transformou-se numa embarcação com muitos mastros, dirigida por um leme e movida por várias velas feitas de linho, no casco foram colocados canhões para defesa e ataque. Com essas inovações, as embarcações ficaram mais seguras, velozes e com o dobro de capacidades de carga.     As caravelas, embarcações geralmente de dois mastros e velas triangulares, tinham 200 toneladas, cerca…

Blog

Os alunos do 4º ano - professora Emília - participaram de uma atividade na sala de informática onde aprenderam o que é um BLOG, para que serve e como é feito. O tema faz parte dos conteúdos de Língua Portuguesa.

OUTUBRO ROSA - Mural